O conceito de design responsivo não é uma grande novidade, mas tem chamado bastante atenção nos últimos tempos com o crescimento do mercado de dispositivos móveis, principalmente por conta dos tablets e celulares de tamanhos e resoluções cada vez mais variadas.

Neste novo contexto dos navegadores e várias resoluções, o design responsivo surge como uma evolução lógica do design de sites, também conhecido como web design. Antes grande parte da internet era acessada por resoluções e navegadores muito semelhantes. Até pouco tempo atrás bastava fazer um site que funcionava em Internet Explorer com resolução máxima de 1024×768 pixels que tudo estava resolvido, claro existiam outras características, mas a grande maioria estava nesse mesmo grupo – no máximo havia os usuários de Mozilla Firefox. Hoje tudo mudou, temos TVs de 50″ polegadas acessando internet, temos celulares que tem telas de 2″ até 5″, tablets de 6″ até 11″ polegadas e sem contar os próprios computadores, que tem telas de netbook até os mais novos iMacs da Apple, colocando uma margem de 11″ até 26″ polegadas.

responsive-templates

Esta característica demonstra que um site pode ser visto de diversas formas e em diversos contextos, e é para isto que os sites devem estar preparados. O design responsivo, como o próprio nome já indica, consegue responder ao tamanho da tela para se adequar da melhor forma. Ao invés de criar dois sites separados, um para mobile e um para desktops, como era muito comum hoje, você faz apenas um site que vai se adaptar muito bem a qualquer tela em que ele for carregado.

Como a responsividade é vista pelos mecanismos de busca

Esta técnica de design já é defendida por muitos já faz algum tempo, mas só recentemente começou a ganhar destaque depois que o Google confirmou indiretamente que para a área de SEO (otimização para buscadores) o design responsivo é o mais indicado. É mais fácil para o Google perceber que o www.exemplodesite.com.br tem um layout que se adapta a qualquer tela do que entender que o www.outroexemplo.com.br, o m.outroexemplo.com.br e o tablet.outroexemplo.com.br são todos o mesmo sites e não estão apenas copiando conteúdo um do outro.

O acesso através dos sipositivos móveis é quase tão frequente quanto os acessos pelo desktop e notebook

dados1
1155 View

Leave a Comment